Mimic

Primeiramente deve-se explicar o que é mimica. Mimica é a arte de se expressar ou expressar sentimentos por meio de movimentos silenciosos. Portanto é uma classe de sematologia. Difere-se de uma comédia silenciosa, pois na comédia o artista é um personagem em uma cena ou ato. Talvez o primeiro grande mimico tenha sido Charles Chaplin, com seu personagem Carlitos. Após a introdução dos sons nos filmes a mimica se tornou mais uma arte para apresentação em teatros, nas ruas. A mimica também é muito usada em brincadeiras por jovens e adultos em todo o mundo, onde uma pessoa imita um filme, animal e os demais tentam adivinhar o que ele está fazendo.

A origem da mímica reporta-se ao teatro grego. Segundo alguns, estaria ela atrelada a uma das Musas – Polímnia – que, juntamente com Terpsícore (dança) e Calíope (poesia) teria sido responsável pela educação de Apolo, antes de sua ascensão ao monte Parnaso. Entenda-se, portanto, que essas três manifestações estão intimamente associadas.

Era também muito apreciada nos teatros de Roma, que se espalhou por toda a Itália, assim os italianos criaram seu próprio estilo adequado ao seu gosto a pantonimia.

Com a queda do Império Romano a Igreja Católica proibiu a arte mas felizmente a arte sobreviveu.

Na vida real, a mimica pode ser interpretada de diversas maneiras. Uma delas é quando uma pessoa tenta se expressar mas não é ouvida, parece um mimico, as pessoas o veem mas não escutam o que está falando, entendem mas não compreendem, apenas fingem que escutam, mas na verdade o estão ignorando. Tentam de diversas maneiras mas não conseguem ser ouvidos, por diversos motivos, ou não tem expressão suficiente, são discriminados pela sociedade, ou por não saber se expressar ou por não conseguir.

Porém para ser ouvido é preciso respeito, e respeito não se consegue facilmente, vem aos poucos, se conquista. É demorado para se conseguir, mas assim como a confiança, perde-se muito facilmente, apenas em alguns segundos pode-se perder.

Uma coisa muito fascinante é quando une-se mágica com mimica, é um espetáculo fascinante, de beleza magnífica e incontestável. Tanto mágica quanto mimica são apreciados em todo o mundo, então quando se une as duas torna-se um dos espetáculos mais belos que há.

 

Idéia do post: Amanda Chao Guerbatin, obrigado ão estava conseguido pensar em nada. Espero que tenha gostado. (L)

Anúncios

~ por Cervesia em outubro 7, 2010.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: