Angel of Death

•novembro 17, 2014 • Deixe um comentário

Angel of death take me
Take me so far away
Take me to the hell
To eternal suffering

I’m tired to live
I don’t wanna see
I wanna lose all
I wanna go to darkness

God has abandoned me
I hate Him and all the angels
I surrender to the darkness

I wanna go to hell
I wanna receive the darkness
At least, you will know my name

Anúncios

Vengeance

•novembro 17, 2014 • Deixe um comentário

I’ll have my vengeance
I’ll see your blood
I’ll see your suffering
I’ll see your disgrace

I’ll destroy you
You shall pay
For what you have done
You’ll beg for your life

I’ll laught at your face
While you beg for mercy
While you cry and scream

Your disgrace is great
It’s so good to see
You are going to hell

The Universe

•setembro 18, 2013 • Deixe um comentário

Sentado onde estou posso ver o céu, ou será que é o céu que pode nos ver?
Sinto que o céu estrelado nos vigia, consegue ler nossas emoções e sentimentos, pode prever nossos desejos e anseios, porém não pode controlar ou interferir, como se nos visse através de um tela de cinema.
Sempre gostei de olhar o céu noturno, contar as estrelas, embora sempre perdesse a conta, nunca saber por onde começar e nem mesmo saber o motivo de estar contando os pontos prateados na abóbada celeste. Sentia que contando, aos poucos ia aumentando minha paz interior, a calmaria que me dava era tamanha que as vezes caia na rede do sono sem nem ao menos me dar conta, mas acordava tão bem, tão revigorado, eram as melhores noites, com os melhores sonhos.
Olhar para o céu é a melhor maneira de relaxar, olhar para o negro impenetrável da noite, imaginar rompendo as fronteiras do universo, indo para além do que a mente pode imaginar.
Que mistérios o universo guarda para nós?

2 years

•agosto 18, 2013 • Deixe um comentário

Se passaram 2 anos, mas parece que foram 2 semanas, 2 dias, 2 segundos. A memória daquele dia está presa em mim. Sinto como se fosse ontem, o dia em que recebi a notícia. Aquilo me abalou de tal maneira que não soube como reagir, não soube o que fazer ou para onde correr, ou se devia correr.
O que sentia por dentro era uma dor muito profunda, uma incerteza, do que seria de mim dali em diante, o que fazer sem ti para me guiar, como deveria viver? Nunca tinha andado sozinho, e de repente fui obrigado a aprender, a me levantar e caminhar.
Foi tudo muito rápido, responsabilidades vieram, pesos foram adicionados as costas. Admito que cresci muito, aprendi muito, mas se pudesse escolher, claro, te traria de volta, daria tudo para ter você comigo de novo.
Penso muito em ti, todos os dias, penso no que faria se fosse diferente, se estivesse aqui para me ajudar a pensar, a agir. A me dizer palavras carinhosas, a me repreender quando fizesse algo de errado, a me abraçar quando estivesse triste.
As vezes me pergunto o porque de tudo isso ter acontecido, mas acho que nunca saberemos a resposta, talvez nem tenha uma resposta. Por mais doloroso que seja admitir, tenho que aceitar, tenho que seguir em frente, pois sei que é assim que deseja.
Toda a herança que deixaste, todos os ensinamentos, todas as palavras, me moldaram a ser quem sou, me ajudaram a crescer quando precisei e me ajudam a andar em linha reta, não me desviar dos meu sonhos, ser o melhor possível, para mim e para os outros. Se sou quem sou devo a ti, gostaria de ser metade do que foste, ter metade da sua força e determinação, para chegar tão longe quanto você chegou.
Seguir os seus passos me ajuda a andar, ver por onde você passaste e ir atrás, perseguir sempre com a cabeça levantada, obrigado por me mostrar isso, que a vida não acaba, que devemos continuar na estrada por mais duro que seja, por mais que alguns fiquem para trás, sempre nos acompanharão onde quer que estejamos.
É assim que sigo, te mantendo viva em mim, com as lembranças que tenho de ti, assim você é imortal em mim, nunca vou te esquecer, nunca deixarei você morrer, nunca mais te perderei, nunca mais perderei ninguém.
Seguirei em frente, irei em busca te tudo que desejo, pois sei que estás comigo e me ajudará a chegar onde quero, juntos vamos conquistar nossos sonhos, porque os sonhos não são mais só meus, são nossos, sempre serão daqui pra frente.
Serei como você, não pararei nunca, por mais difícil que parece, irei, sempre, como você fez, e quando chegar minha hora, irei em paz, sem arrependimentos e sem deixar nenhum sonho sem ser realizado, por você farei isso e muito mais, me tornarei um homem de fato.
Obrigado por todas as vezes que brigou comigo, que me mostrou o melhor caminho, que me aconselhou e que me abraçou, que me fez perceber como ser uma pessoa melhor, seguirei todos os seus ensinamentos.
Mãe, muito obrigado por tudo.
Do seu filho, Lucas Ferreira.

The Musics Ain’t Over

•julho 17, 2013 • Deixe um comentário

I am going to tell the tale of tales (Seasonspeech – Elvenking)

Every night without you (Every night without you – Edguy
I wish you were here (Wish you were here – Pink Floyd)
And If could fly (If I could fly – Helloween)
So glorious I’d fly (Solid – Gamma Ray)

To the middle of your heartbeat ( In the middle of a heartbeat – Helloween)
To feel you face in the dark ( In the dark – Sonata ARctica)
‘Cause where you lead I’ll follow ( Where you lead I’ll follow – Bob Catley)
Please carry me over now (Carry me over – Avantasia)

We both know, our Story Ain’t Over ( The Story ain’t over – Avantasia
Every day and night was made just for us (Call it love – Blackmore’s night)
We are the power inside, we bring fantasies ( Avantasia – Avantasia)
And our silence is louder then words ( Silence – Kiske Somerville)

There’s something between us that will never die ( Crystal Tears – Krystal Tears)
Take my hand and pull me next to you, so close to you (Tallulah – Sonata Arctica)
And I say close your eyes babe, take a breath say my name ( The wind – Zac brown band)
I’ll be there, and there’s no more Farewell ( Farewell – Avantasia)

Valentine’s Day

•junho 13, 2013 • Deixe um comentário

Um presente atrasado

Nesse dia dos namorados, quero te dar um presente diferente, não um presente físico, como uma roupa, chocolates, flores.
Quero te oferecer lembranças, lembranças de tudo que já passamos, todos os momentos.
Nosso primeiro beijo.
A primeira vez que peguei na sua mão.
O primeiro abraço.
O dia em que pedi pra namorar com você.
Quando você escreveu “eu te amo” na minha mão.
A primeira vez que eu disse “eu te amo”, na sua cozinha.
Quando passamos o dia dos namorados em Miguel Pereira.
O dvd que me deu de aniversário.
Todas as cartas que já escrevemos.
Todos os post que fiz em sua homenagem.
Todos os beijos.
Todos os abraços.
Todas as vezes que peguei em sua mão.
Como nós nos sentimos quando estamos juntos.
Todas as vezes que saímos para jantar.
Quando nos olhamos nos olhos.
Quando sussurramos no ouvido um do outro.
Quando deitamos abraçados.
Quando rimos juntos.
A saudade que sentimos um do outro.
Todas as brincadeiras.
Todos os apelidos que demos um pro outro.
Todas as vezes que fomos no cinema.
Todos os presentes.
Todos os dias que passamos juntos.
Além dos momentos que passamos juntos, quero dedicar a você, todos os momentos que ainda vamos passar juntos, todos os sorrisos, todas as lágrimas, todos os beijos, todas as palavras, todas os carinhos, tudo, quero dedicar a você neste dia dos namorados.
E desculpe por ter sido um presente atrasado.
Feliz dia dos namorados meu amor!

One More Birthday

•junho 4, 2013 • Deixe um comentário

Mais um aniversário está chegando, poderia ser apenas mais um como todos os 19 que já passaram, mas não será. Não dessa vez, nem nunca mais. Como no ano passado você não estará aqui, pra me parabenizar, dar um abraço nesse dia, um presente.
Meu maior presente seria você estar aqui, do meu lado, como tem que ser.
A quase 2 anos você se foi, deixando um buraco, um vazio. Como eu queria você de volta, só por um dia, esse dia, nos meus 20 anos, sei que isso não será possível, para onde tu foste não se pode voltar, não se pode regressar, mas te carrego comigo onde vou, nas lembranças dos bons momentos, e até nas lembranças dos maus momentos, sempre te levo, para me proteger, para ter um “lugar” para fugir, estar somente contigo.
Fico me perguntando se você sentiria orgulho do homem que me tornei, e que estou me tornando. Do homem que sou hoje, das coisas que faço. O que sinto mais falta é de você me guiando, me ajudando a ir mais longe, sempre incentivando a lutar pelos meus sonhos, a ser integro, honesto. Procuro ser tudo o que me ensinaste, o que me disseste, a ser como você, forte, centrada, humilde.
Nesse meu aniversário o presente será pra você, deixo outra simples homenagem para a maior mulher que já tive a honra de conhecer e conviver, Mãe, esse presente dedico a você, minha vida a partir desse momento, dedico a você, todas as minhas conquistas, no passado, no presente e no futuro dedico a você, tudo que quero pra mim, todos os meus sonhos, dedico a ti.
Prometo que vou sempre seguir em frente, não desistirei de nada, lutarei por todos as minhas vontades, todos os meus anseios serão alcançados, até o menor deles terá lugar na minha estante de troféus, afinal, a vida também é feita de pequenas coisas, coisas essas que tem, muitas vezes, maior importância que coisas aparentemente grandes.
Prometo ser o homem que me guiou a ser, honesto, integro, humilde, correto.
Peço-te perdão por todas as vezes que te fiz chorar, que te magoei, que te fiz triste. Quero aproveitar esse aniversário para deixar para trás todas as coisas ruins que aconteceram, todos os momentos tristes, todas as lágrimas de dor, quero me purificar, sei que isso parece bastante egoísta, querer ficar apenas com os momentos felizes, mas prefiro lembrar do seu sorriso as suas lágrimas, prefiro lembrar da sua felicidade a sua tristeza.
Esse ano, meu presente será sua felicidade, dentro de mim, você apenas sorrirá, sempre que eu tiver alguma dúvida, olharei para seu sorriso, me guiarei pela sua voz, e juntos, vamos ao futuro, vamos tornar nossos sonhos realidade.
Para sempre te amarei Mãe e para sempre te levarei comigo.
Do seu filho homem.